5 erros mais comuns na hora de repreender um cão

5 erros comuns na hora de repreender um cachorro

É comum que tenhamos reações mais de repreender nosso aumigo quando ele está causando algum “problema”. Mas é preciso nos atentarmos nesse ponto, pois podemos estar correndo o risco de cometer erros que não irão corrigir seu comportamento, mas sim, confundi-los. Veja aqui os 5 erros mais comuns na hora de repreender um cão.

Ao repreender seu cãozinho, você acredita que está fazendo de forma correta?

Quando é iniciado o processo de adestramento, o mesmo não se aplica apenas ao animal, pois devemos aprender a nos comunicar com nosso pet.

Isso é importante para que possamos entender o que esperamos dele e também como devemos proceder.

É muito comum que após uma bagunça, e por vezes, mau comportamento, muitos guardiões percam a calma sendo levados assim a uma postura imprópria com seu animal. Vejamos então quais são esses erros e como atuar nessas situações.

Repreender o cão após muito tempo

De certo, você já pode ter ouvido que, repreender o seu animal quando ele está quieto é completamente errado e acima de tudo, improdutivo!

Ele não irá entender o porquê da bronca, e isso irá gerar incerteza e desconfiança nele.

O ideal é falar um simples “Não!” no momento que ele agir errado, como urinar em um lugar errado, por exemplo. Tente educá-lo de forma a mudar esses hábitos negativos.

A maior prioridade é encontrar as causas que levam seu cão a ter um mau comportamento, mas nunca deve ser utilizado para repreendê-lo!

Repreender o cão por tudo!

Durante o dia não parar de repreender seu cão um minuto sequer…não terá grandes efeitos no comportamento dele. Sabia? É preciso ser firme e com raiva por pelo menos 1 minuto, mas sem ser agressivo ou fazer uso de punições mais rigorosas, como deixá-lo trancado sem brinquedos em outro cômodo da casa.

Forçar ele a colocar o nariz próximo da bagunça

É muito comum as pessoas pensarem que encostar o rosto do cão próximo da bagunça, ensina a ele nunca mais fazer xixi ou cocô naquela área específica.

Nem preciso dizer que esse tipo de comportamento é totalmente Errado, certo? Pois, se ele fez suas necessidades dentro de casa, é porquê não não levamos ele para passear, criando o hábito de fazer suas necessidades em meio ao passeio.

Além disso, outra razão deles fazerem isso, é provável que estejam demonstrando também tristeza quando não estamos por perto.

Nesses casos, o ideal é sempre levá-los para passear com mais frequência e sempre elogiá-los quando fazem suas necessidades em meio ao passeio. Com isso, eles aprendem aos poucos como devem agir.

Porquê não deixá-los rosnar?

Ao rosnar para um outro animal ou mesmo para uma pessoa, seu cão está mostrando inquietação , medo ou mesmo, aborrecimento naquele momento.

Ele não deve ser criticado por rosnar, pois com isso ele pode acabar querendo atacar!

Mas em caso de ser uma ação frequente, o melhor a se fazer é buscar ajuda de um treinador, pois só assim poderá identificar o motivo pelo qual seu aumigo se comporta assim.

Impor muitas regras

Durante a vida do cão, ele irá aprender poucas regras efetivas se e somente se formos constantes em impor essas regras.

Isso quer dizer que, se permitimos um comportamento porquê então reprová-lo em algum momento? Isso irá causar confusão para seu cão.

Um exemplo simples que podemos abordar é na hora de dormir. Estabelecemos que o cão irá dormir na cama dele e não poderá subir na sua cama, mas por alguma razão, você permitiu que ele subisse na sua cama…, com isso estamos mostrando inconsistência no que deve e que não deve ser feito, e eles ficarão sem entender mais o que é certo ou errado de se fazer.

Nosso amigo precisa ser estável, ter segurança e cumprir com regras que aprenderão aos poucos, e com isso, irão se sentir mais felizes e pacíficos.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram